Oscar Araripe
Home Some Exhibitions Collections Posters The Painter Articles (Portuguese) My Life as a Painter The Foundation Links For Art Classroons Contact
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Exhibitions
Curriculum
Life, Literature and the Like
Literature (Portuguese)
The Painter
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Art School in Brazil and abroad
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Exhibitions
Curriculum
Life, Literature and the Like
Literature (Portuguese)
The Painter
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers

Tiradentes Revisitada

Flores com Matriz de Santo Antônio.
23 - Flores com Matriz de Santo Antônio. | 110 x 120 cm

Conheci Tiradentes por volta de 1965, na companhia de Maria Fernanda, Oton Bastos, Isolda Cresta, o lendário Padre Nereu e o maestro e compositor Edino Krieger, ocasião em que montamos no Solar dos Ramalhos uma adaptação do Romanceiro da Inconfidência, de Cecília Meireles. Havíamos estreado a peça no Teatro de Ouro Preto, durante um dos primeiros festivais de inverno, e na volta fizemos esta única e rápida representação em Tiradentes, vividamente assistida por muitos tiradentinos. Naquela época Tiradentes era igual e ao mesmo tempo muito diferente. Igual porque ali estava tudo que a faria singular, seu povo, seus novos habitantes, sua magnífica Serra e Igreja Matriz, esta caixinha de jóias que é a Igreja do Rosário-, onde me casei com Cidinha e meus filhos brincam, o alto do São Francisco, tão bem visto de meu estúdio, o Chafariz, os frontispícios inclinados como o Parthenon, o trenzinho de graça gentil tão infantil e todo enfim o seu conjunto harmonioso e tão belamente humano. Ali estavam as casas que haviam vencido o modernismo destruidor. Pessoas encasteladas.Torço por elas. Ficou o quarto sacana do Padre Toledo.Vai ficar: a pinacoteca de Tiradentes, um dos projetos de nossa Fundação. Aliás, todas as pedras ficarão. Porém, diferente porque a morte aqui palpita com todas as forças, e tanto que tudo se conserva e transforma. Diferente por ser viva, ainda que falte a democratização do IPHAN.Enfim, a vida que conserva e a participação que preserva. Estamos vencendo, mas a cidade ainda tolera os carros que a destrói e descaracteriza, e também me assusta este barulho oportunista, dos cruzados, das motocicletas, dos anunciantes barulhentos, e ainda mais quando sou assustado por estes olhos malucos destas “namoradeiras” em série que hoje proliferam pelas janelas dos casarios.
Pois bem, nunca pensei que anos depois viesse a morar na cidade, já com a minha filha Anaí, e por tantos anos, e ver nossos gêmeos Octávio e Victtoria nascerem aqui e por aqui correrem nesta Ladeira da Matriz, de tanto encanto e que tanto gosto, e onde fui e sou muito feliz. Sim, Tiradentes é uma pintura alegre e feliz, radiosa e sem arrogância, nova e transparente.Intuitivamente, e pensando muito, aos poucos, fomos fazendo a obra. Independência e Liberdade, belas palavras daqui. E' certo que a radiosidade e a alegria de Tiradentes, Ouro Preto, Catas Altas e de toda Minas, do mundo, possa ser uma construção pessoal, naturalmente. Minas é a França do Brasil, e Tiradentes, bem, Paris...e assim foi, neste Tiradentes romano, de pedras sobre moledos, por sua palheta gentil, suavíssima, quieta, que mais entendi a pessoalidade barroca.Pessoas como montanhas, o barroco, a linha, a alegria, a liberdade. Volutas uvas sensuais ali na igreja. Vamos à Missa. E assim, o barroco, ali na esquina, aqui em casa, poderia ser eu. O meu estúdio de vidros coloridos, por exemplo. De modo que cinco anos depois de morar e pintar a Bahia e o Ceará, seus mares e praias, fazendas, flores e casarios, heróis e heroínas ( Bárbara de Alencar e Tristão Araripe) eis que torno a pintar Tiradentes, numa revisita meio inusitada.
Dedico esta exposição à Zizinha, minha amiga e vizinha, recentemente falecida, que passou e não passou...como tudo nesta terra, como Tiradentes, tudo morre e não passa, e assim Zizinha ficou, e por tantos e tantos bons e belos motivos. Saudades de Zizinha, saudades de Tiradentes. A dedico também, como sempre, à Cidinha.

Oscar Araripe

| Mais Informações | Tiradentes Revisitada | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 |