Oscar Araripe
Início Algumas Exposições Coleções Posters O Pintor Artigos Minha Vida de Pintor A Fundação Links Arte para Salas de Aula Contato
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Arte nas Escolas / Arte-educação é fundamental / Educa, ensina, sensibiliza e eleva os professores e os alunos.
Escola Caracol / Porto Alegre / RGS
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas

Minha Vida de Pintor / XXIII

Cecília. A conheci profundamente, sem nunca tê-la visto. Ou melhor; a vi uma única vez, durante cinco anos. Explico-me, se é que devo. Admirar é uma coisa, ver é outra. Eu a admirava e via. Foi a mais sensível e insabida sogra que tive, a ponto de duvidar que o tenha sido. Por cinco anos foi minha sogra viva e morta. Todo o dia sentia o gosto fino da sua pele, a beleza da sua voz, o seu amor profundo pelo homem, um ser num mundo ainda cheio de mistérios, mundo do amor indiano, da poesia persa, dos versos impulsionados pelo açúcar das vinhas -, mundo do amor, talvez, arcádico sempre, enfim, Cecília foi paixão por admiração. E não fosse ela não teria estreado tão bem no mundo literário e teatral, quando pós-ainda-menino adaptei O Romanceiro da Inconfidência, que estreamos num dos primeiros festivaisl de inverno de Ouro Preto, em 1965, no teatrinho barroco da grande capital dos mineiros, com Maria Fernanda, Oton Bastos, Isolda Cresta e o Padre Nereu. A música era do maestro e compositor Edino Krieger, também já muito famoso. À época, adaptar Cecília, mal comparando, era como mexer no Ulisses de Joyce ou trocar os textos de Shakespeare. Era preciso ousadia de menino, audácia de conquistador e muita intuição juvenil para ousar tanto. Mas, a sorte ajuda os audazes. E com certeza este foi o grande ditado da minha vida, minha lápide da infância, o que mais cri e vivi. Audaces Fortuna Juvat. Não conheci o esplendor de poeta que era Cecília, mas com ela gozei de infinitas intimidades. Era o amor? A paixão? Admiração? Era tudo junto e mais aquela audácia como credo, além da intuição abençoada. Intuição, esse poder que todos têm, poucos usam e quando usam não param mais .
Ladeira da Matriz de Tiradentes com subida da Santíssima /2006
Quando a vi logo acordei. Não foi preciso voz, só corpo, rosto, pessoa. Ali vivia em real figuração uma pessoa. Delicada e resoluta, calma e trabalhadeira, tinha feito da vida poesia, escrita e falada, palavras, colóquios, que rimava e não rimava, tão sem importância era isto, às vezes, já que o sentimento, a grande alma do ser, em tudo aparecia, em cada frase, em verdade pinturinhas de uma palavra só -, já que o sentimento, repito, podia falar em cada átimo do segundo, inteiro e isento. Isenção; eis a palavra que aprendi com ela. E com ela todo um dicionário de prazeres e sapiências, que trazia comigo, aqui no bolsinho de dentro do meu casaco de frio. Digo com ela mas também com a amada Fernanda. Isenção, ação que o gênio alimenta e faz o coração padecer. Ser isento. Estar além do mundano. Ser de Vênus com os pés na Terra. Voar, que um poeta não precisa de nada. Cecília, Santa Cecília da sua música. Tinha os olhos de água, profundos de luz, muito limpos. Olhos de louca, não fossem a serenidade quieta da luz que emanavam. Suas mãos, como dizia ela mesma, eram de nácar e rosas. Suas palavras eram livros inteiros de grandes ditos, onde espinhos jardineiros valiam mais que oráculos de livros greco-bíblicos. Poetava e filosofava, era povo e era nobre. Tinha sede do mundo e saciada não parava de beber. Bebia escritos, iluminuras, pintava bordados. Poeta e jardineira, não bebia, não fumava, e creio que jamais se drogou. Era destas raras almas diáfanas que viajavam pela Babilônia com um simples copo de vinho, talvez. Bastava-lhe a sugestão para que o cenário existisse, pois raramente se envolvia com o mundano, pois vivia, dir-se-ia, no mundo da lua azul, o das luas de silício fosforescentes, das suas luas só dela, e que já não só suas, pois nos as deu, purificadas, embelezadas, pessoalizadas. Purificar luas, eis aí uma bela missão. De modo que dir-se-ia dela poder, com muita facilidade e arte, purificar as palavras feias, desusadas e/ou mal usadas, lapidando-lhes pepitas de ouro diamântico. Ouro que me cegou e brilho que me fez esquecer. Lembro-me que nesse radioso encontro me contou que num jantar com Ghandi e Indira, em Nova Delhi, no Palácio de Neruh, ofereceram-lhe presentes régios e homenagens inesquecíveis -, e ouro para comer, durante um banquete. Disse-me ter o gosto do sal. Era isto. Comia o sal do mundo. Virava tudo alelís, safiras, candelabros, ricos panos de Damasco. Isenta do mundo,  tornava-se ela, e sua bela pessoa fluídica. Tardará muito tempo em nascer, se é que nasce... tal luxo, tal extravagância, tal estrela, tão brilhante e, sejamos realistas, para nada. Brilhar, que um poeta não necessita de nada. Nada mais que um beijo, com forma e conteúdo. Um grande beijo, do tamanhão da vida. Tão importante que pudesse dar cor à tinta. Las colores non valen nadie, lo que vale es la arte que cria la vida. O resto é tinta. Tinta que se vai apagando, demorada, crepuscular. Por fim, o fim. Eram tempos muito rudes, e também "de uma austera, apagada e vil tristeza” e eu era uma onda que voltava pro mar. Cecília e a música do Mar. Não sou alegre nem sou triste. Sou o Rei da Alegria, sem nem mesmo o querer. E se sou, bebo a limonada. Tempos de fraqueza, de muita desaparição. Até os trópicos nos roubaram, aquecido que estamos. Não, não quero mais amar poetas. Não quero mais comer Marilyn!!!
Maria Fumaça e estação de Tiradentes / 2006
Esperar, pintar, esperar. Pinto porque espero que tudo vire pintura. Só a arte nos salvaria dos inexistentes pecados humanos. Participo, faço política, prego revolução com meus jarros de flores. Um dia penetrarei em Fort Knox e purificarei toda aquela impureza, daqueles homens sem luz. Depois, amaria minha amada Cidinha, como um verdadeiro gitano. Pobres ciganos. Hoje mesmo, de manhã cedo, andando pela Estrada Real vi ciganos mendicantes, e que já nem os trajes típicos usavam, mimetizando-se em roupas como as nossas, tão discriminados que eram. Cigano!? Eu não. Preciso arranjar umas forças, uns tempos, umas horas e minutos para amar minha amada mulher.
Muros com Largo do Sol e Matriz de Tiradentes / 2006
Existem poesia de haxixe, vinho, ergotina, ópio, e a universal. Pode ser árabe ou tuareg,  é tudo chinês. Poesia de pedra, ciência estética, intuição desbragada. O cérebro vive na pedra. As águas são para o fogo. E ali o meu quarto de amor. Assim que pedi e me obedeceram. Armaram uma fogueira de haxixe no nosso quarto nupcial e ali me casei com M. Ficamos trancafiados por três meses. Ela era mulher para um Príncipe. A melhor do Brasil. A mais bela entre as filhas do povo. Mas, veja, só a entrego se ele me der o Prêmio das Astúrias. Dou a mulher e ainda pinto La Zarzuela de graça. Você teria coragem de passar este recado pra ele? Como lhe disse, este Príncipe tem qualquer coisa atravessada comigo. Por pouco não "transcrevi visionadamente” as pinturas sapiens da Espanha. Eu sou um nobre espadachim chinês, um mouro de águas tantas, um califa também poeta. Diga-lhe que prometo não lhe roubar mais nada, senão ganhar o prêmio e pintar La Zarzuela. Pergunte-lhe se me daria seis meses morando e comendo em La Zarzuela, de graça, eu pintando os jardins, fazendo jardinagens, como pagamento. Tudo isso em troca da mais bela mulher, da mais atriz das minhas atrizes, a mais bela entre as mais belas filhas do povo. Ela era dos Açores, da Ilha Terceira, vinha do povo... e era pura nobreza.
Capítulos
 
Início Algumas Exposições Coleções Posters O Pintor Artigos Minha Vida de Pintor A Fundação Links Arte para Salas de Aula Contato
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Arte nas Escolas / Arte-educação é fundamental / Educa, ensina, sensibiliza e eleva os professores e os alunos.
Escola Caracol / Porto Alegre / RGS
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas