Oscar Araripe
Início Algumas Exposições Coleções Posters O Pintor Artigos Minha Vida de Pintor A Fundação Links Arte para Salas de Aula Contato
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Arte nas Escolas / Arte-educação é fundamental / Educa, ensina, sensibiliza e eleva os professores e os alunos.
Escola Caracol / Porto Alegre / RGS
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas

Acadêmico Wainer Ávila / Depoimento a Oscar Araripe sobre Tancredo Neves

Prezado Oscar Araripe.

 

Com prazer faço este pequeno texto, um "textículo" no dizer de Eduardo Almeida Reis, da Academia Mineira de Letras, em sua cotidiana incursão na imprensa mineira.Vale  lembrar que a Academia Mineira de Letras foi o lar intelectual de dr. Tancredo e no dia  11  lá estaremos em soleníssima  sessão  de homenagem a seus cem de nascimento. Ouso uma digressão  disfarçada para recordar que em São João del- Rei,desde o prefeito,passando pelo bispo,chegando ao comandante militar,até a modesta velha mulher que lhe solicitava emprego para  filho  ou o mendigo que lhe recorria aos préstimos financeiros para o caso não raro de uma pinga a ser paga, ele era o dr. Tancredo,só dr. Tancredo,amigo,conselheiro de tudo e sobre tudo mas sempre o dr. Tancredo.Voltando á sua Casa Acadêmica,o presidente Murilo Badaró,que se considerava mais competente para  ser seu adversário em 1982,criou o curioso e popular " Trem da caravana da Vitória" e percorreu todos os burgos mineiros   e não foi ungido pela Arena militarizada  "Por não ter o apoio de Magalhães Pinto,que cedeu aos encantos de Francelino Pereira e apoiou Eliseu Resende para candidato a governador na eleição afinal ganha por Tancredo".As questões políticas mineiras são engraçadas e às vezes tragicômicas,complicadíssimas como na "Vila dos Confins" de Mário Palmério.no dizer uma coisa querendo dizer outra”, “O diabo na  rua, no meio do redemoinho", de Guimarães Rosa. Quem não ouviu que dois mineiros de boa laia  não brigam e nem  fazem as pazes?

Chegou o presidente da Academia Mineira a informar  que Magalhães entrou em prostração como se tivesse praticado um delito do qual não seria absolvido  nunca, pela opinião pública ou por si mesmo, por ter  votado em Tancredo no colégio eleitoral para presidente e que o acidente vascular cerebral que o vitimou foi pelo constrangimento daquele voto. Pouco antes fato igual aconteceu em Brasília na incorporação do  PP dos mineiros Magalhães e Tancredo ao PMDB de Ulysses Guimarães, onde votei a favor com verve de barítono e via as distâncias próximas e as proximidades distantes entre os dois líderes mineiros e nacionais. Fui o presidente do PP de dr.Tancredo em São João del Rei e transpirava permanente desassossego nos cabalísticos  riscos institucionais imprevisíveis na legislação outorgada dos governantes militares.

Mas o que desejo contar aqui  é um acontecimento já esquecido e pouco mostrado em nossa história e desconhecido das novas gerações. Se é sobre a pouca memória histórica de nosso povo, para mim é fácil. Aí  o tem. Estamos em 1960, ano de eleições para presidente e governador, esta em onze Estados. Tancredo, candidato do PSD mineiro é recebido como eleito; "nomeado", falavam os bajuladores que não eram poucos e dizem que Bias Fortes também gostava do vocábulo e de quem o candidato era Secretário de Finanças. O PSD tem maioria folgada nas prefeituras,tem 18 deputados federais e a UDN 8; 24 estaduais contra 11 adversários e o mineiro Juscelino Kubitschek de Oliveira é Presidente da República dos Estados Unidos do Brasil ( ou República do Brasil dos Estados Unidos ),nome que sobreviveu até o Marechal Costa e Silva, militar sábio que não podendo livrar-nos do Tio Sam ao menos escondeu a vergonha do grande e bobo país sempre  em mãos entreguistas.  O parlamentar José Maria Alckmin, antigo colega de "Republica Estudantil” do estudante de medicina Juscelino Kubitschek é influente na política mineira e até nacional por andar na carruagem do  poder maior do Palácio do Catete e do Partido Social Democrático. Queria ser o candidato a governador e não conseguiu.Dizem que era homem que não conversava sério e que

vivia de piadas e anedotas que estão em livros e panfletos (É Sebastião Nery quem o diz e, em visita a Franco Montoro em S.Paulo, ofertou-me o Folclore Político onde escreveu: Enquanto houver Minas o Brasil sorri para compensar São Paulo -preste o leitor atenção no  que São Paulo está a fazer com nosso candidato  e presidente). Na convenção houve disputa e o candidato José Ribeiro Pena amargou imensa derrota. Não se conformou mas rendeu-se à evidência dos fatos consumados, isso ouvi, muito mais tarde, de sua viúva deputada estadual. Inteligente, inescrupuloso e pouco leal, Alckmin acenou com a possibilidade de se chegar ao Palácio da Liberdade com a cobertura velada do presidente da República, mineiro e do PSD, com quem tinha intimidade e era da "cozinha", o que não era segredo, pois depois da confusão armada e a vitória do adversário foi Ministro da Fazenda. Ribeiro Pena criou a dissidência fatal e letal. Alckmin usou o PDC e lançou a candidatura Ribeiro Pena da qual foi vice. Prometeu o paraíso terrestre, coisa que Alckmin conhecia e vendia, o Jardim do Éden ao baixo custo da traição. Juscelino já ensaiava voltar " nos braços do povo" com o lema de propaganda,ou slogan como era dito, JK-65 e quis impor a candidatura  à presidência, do baiano general Juracy Magalhães, aquele embaixador em Washington que ficou famoso com a linha diplomática de que  "o que é bom para os Estados Unidos é bom para o Brasil".Não havia a maldosa e apavorante  reeleição,daí o JK-65. Magalhães não era  conhecido e era banqueiro, esta última palavra um pouco menos assustadora  e delituosa,na época, do que o é hoje na vida  do  pobre país. Alckmin sabia que não tinha condições de vitória, mas estava certo de derrotar Tancredo e eleger Magalhães, pois um voto tirado de um e dado a outro valia em dobro e não havia as caras máquinas de votar de hoje. Eleição e mineração  só depois da apuração e as urnas falaram isto:

Magalhães Pinto:   760.427 votos;

Tancredo Neves:   680,539 votos;

Ribeiro Pena      :    59.611  votos;

José Maria Alckmin:  159.028   votos.

Os números autorizam uma complicada, porém interessante operação aritmética mesmo não existindo na época o famoso cientista político de  hoje, profissão  esdrúxula, nem os economistas do apocalipse que nos assustam com  suas profecias. A votação no candidato cabeça de chapa nada tinha a ver com a do vice e a votação altíssima do vice Alckmin dá a medida do estrago que fez em Tancredo Neves, bastando verificar a diferença entre o primeiro colocado e o  segundo, submetendo Minas aos conservadores, reacionários e banqueiros afiliados dos mais escusos interesses financeiros internacionais. O mesmo estrago provocou na candidatura do mineiro  de Antônio Carlos Marechal Lott que havia garantido a posse de Juscelino,pelas armas, em 1955.

O prêmio de Alckmin foi o Ministério da Fazenda e a indicação de seu nome para vice do Marechal Castelo Branco em 1964.

Ronaldo Costa Couto (Tancredo Vivo-Casos e Acaso-pág. 113) pergunta a Tancredo se era fatalista. A resposta foi:"Sou fatalista convicto.Observe o capricho fantástico da história: Se eu  tivesse derrotado o Magalhães,não haveria o golpe de 1964.Comigo e sem ele Minas não entrava naquilo.Até porque as coisas no país não chegariam àquele grau de insensatez,inclusive o João Goulart,Brizola e companhia.Outro capricho: Juscelino, ao ajudar Magalhães,cavou sua própria cassação alguns anos depois,no governo Castelo Branco,de quem seu aliado e ministro da fazenda  Alckmin foi vice.Cassação absurda,absolutamente injusta,mas que o inviabilizou politicamente.C´est lavie,mon ami!".

Dr. Tancredo admitia para nós não ter percebido que Alckmin maldosamente aproveitou o fato de  ele ter entrado na disputa com dois vices, Clóvis Salgado do PR e San Tiago Dantas (este, meu amigo e mentor) do PTB, pois, sem um vice, Magalhães  ficou com a corda toda para negociar com todos os vices o que bem entendesse nos burgos interioranos (burgos podres, dizia).

Eu estava entrando na universidade e aquela eleição, que seria meu primeiro alumbramento passou a terrível  desapontamento político. Estou convencido de que JK temia a vitória do bravo e inteligente mineiro de São João del Rei e que estava convencido de que, se pussesse os pés no Liberdade, já começaria a almejar o Catete.

A Academia Brasileira de Letras terá sessão de homenagem a Tancredo Neves  no dia 23 e em recente visita àquele sodalício, junto com o pintor Oscar  Araripe, no lançamento do livro do acadêmico Sérgio Rouanet: "Correspondência de Machado de Assis”, conversei a respeito com o orador acadêmico Eduardo Portela, a quem recordei o dia em que disse à imprensa nacional :” não sou Ministro, eu estou Ministro”. Era Ministro da Educação do governo Figueiredo.

Não é suficiente escrever alguns textos, coisa sem compromisso e sem expressão literária ou política, visto que Dr. Tancredo está a merecer de São João del Rei atitudes sérias e demonstrações altruístas. Estudos e pesquisas em profundidade histórica. O Brasil, a América Latina o conheceram em alegres e trágicos momentos de sua vida e de sua morte, como disse Pedro Simon: Tancredo não deu só a vida pela pátria. Ele deu a Morte. A Academia de Letras de São João del Rei,que tenho a honra de presidir e à qual pertenceu, juntamente com a sra. Risoleta Tolentino Neves, quer aliar-se a todas as manifestações desta terra para mostrar a face, ainda para muitos e para gerações recentes, oculta de dr. Tancredo. Revelar os cuidados secretos  que seus amigos montaram para protegê-lo de possíveis  conspirações do sistema,até retirá-lo do país em segurança, em última instância;criar um manifesto de ordem nacional aqui redigido  em que concitaremos a Nação Brasileira a grandes gestos cívicos de escol . A adotar posições decididas e de desassombro como no suicídio nobre de Vargas, na deposição de Jango e em seu sepultamento em São Borja, onde estive e vi; na  eleição indireta  no Congresso para sufragar o já eleito Castelo Branco. Especialmente fatos e atos daqui em eleições municipais. O fechamento da Câmara de Vereadores, da qual era presidente, no golpe do Estado Novo em 1937. A Academia de Letras de São João Del -Rei decidiu  editar livro sobre o Centenário de seu nascimento ali na esquina das ruas Getúlio Vargas e Artur Bernardes.Nossa memória histórica anda adormecida e precisa levar um arranco forte.Anda adormecida não é só com dr. Tancredo, anda assim com quase tudo,basta ver o descaso com a Fazenda do Pombal do Rio Abaixo, sítio onde nasceu o maior de todos os brasileiros, o Alferes Tiradentes ,que até na morte combinou com dr. Tancredo que  ficaria bem para a Nação se  tudo acontecesse em 21 de abril.

Wainer Ávila.

 

 

 

 

 

Artigos
 
Início Algumas Exposições Coleções Posters O Pintor Artigos Minha Vida de Pintor A Fundação Links Arte para Salas de Aula Contato
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Arte nas Escolas / Arte-educação é fundamental / Educa, ensina, sensibiliza e eleva os professores e os alunos.
Escola Caracol / Porto Alegre / RGS
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas