Oscar Araripe
Início Algumas Exposições Coleções Posters O Pintor Minha Vida de Pintor Artigos A Fundação Arte para Salas de Aula Links Contato
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Arte nas Escolas / Arte-educação é fundamental / Educa, ensina, sensibiliza e eleva os professores e os alunos.
Escola Caracol / Porto Alegre / RGS
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas

Pierre Santos analisa artbook de Oscar Araripe

                                                               Belo Horizonte, 14 de dezembro de 2011

 

Prezado Artista

Oscar Araripe

 

                   Meus cumprimentos.

 

                   Quando entrei em casa hoje cedo, por volta de 9,30 horas (voltando de uma viagem, que demorou três meses, à Itália, onde fiz um trabalho crítico sobre restauração de afrescos em algumas igrejas), retirei da montanha de correspondências jogadas sobre a mesa o seu livro simplesmente monumental, sentei-me num sofá e pus-me a folheá-lo, a ler o texto e a curtir cada imagem, algumas um pouco mais depressa, outras mais demoradamente, e, quando dei comigo, após o passeio por todo o livro, já eram 14 horas, as malas e pacotes ainda estavam no chão da sala e a barriga já doía de fome. Mas me sentia feliz com o que tinha visto.

                   Agora, a barriguinha forrada, guardado tudo que havia nas malas e embrulhos, presentes esparramados sobre a cama – posso registrar-lhe minhas impressões. Começo por citar a seguinte frase: “Suas cores são alegres e exuberantes, seu traço é contraditório, pois tem a inocência da criança e a sabedoria do adulto”. Foi escrita por Oyama de Alencar Ramalho num texto de apresentação de catálogo, segundo consta ali. É difícil a gente encontrar uma frase simples e concisa como esta, que defina com precisão um homem artista e sua obra. Você, meu caro pintor, está todinho nesta frase.

                   Não sei se é alguma coisa em seu trabalho que me faz pensar no trabalho de Miró, Dufy, Matisse (principalmente), Léger e Klee – ou se é alguma coisa no trabalho deles que me faz pensar no seu trabalho – e digo que isto não é questão de afinidades, mas de espírito, porque, na verdade, o que você faz, seja em técnica, seja em composição, não tem paralelo. Credito o fato à existência de rumos de pesquisa aparentados.

                   No conjunto das obras reproduzidas no livro, não há uma sequer na qual, como crítico, eu possa achar algum defeito. Por outro lado, há aquelas com as quais, naturalmente, tive mais afinidades. Não dá para falar de todas; mas, vejamos algumas. Começo por Manhã com neblina na Rua Direita / Tiradentes, aberta agora aqui na minha frente, pequena, em baixo da pág. 037.

 

Olho, namoro, observo o quadro e até agora não sei se se trata de pintura ou de poesia. Ou seria sonho? As cores tênues e evanescentes só se mantêm na paisagem, porque a tanto as obriga a negra montanha lá em cima. Então se põem a dançar lentamente, a oscilar, a levitar, como se quisessem ascender a paisagem espaço afora. Por coincidência, a única pintura de Guignard feita em Tiradentes, que eu conheço, é exatamente focalizando esta mesma rua, só que do ângulo contrário, com uma igreja bem lá no fundo. Sou apaixonado pelas paisagens dele, aliás, por toda a sua obra, e tanto, que estou perto de concluir um livro em três volumes sobre ela, que vem me tomando grande parte de meu tempo nos últimos vinte e cinco anos e será editado até o final do próximo ano. Contudo, devo confessar que nunca cheguei a gostar dessa paisagem da Rua Direita de Tiradentes feita por Guignard. Agora então, que vi seu quadro, é que não vou conseguir mesmo gostar dela. Essa poesia-sonho que você fez ficará para sempre guardada aqui no coração.

                   Gostei também sobremaneira desse vaso de flores com a cidade de Tiradentes ao fundo, da pág. 075, junção temática esta que também Guignard gostava muito de explorar.

 

O vaso e as flores são concebidos de maneira solta e dinâmica, enquanto a cidade bem comportada e sonolenta dorme no meio do verde. Belo quadro!

                   Corajosas são as pinturas reproduzidas às páginas 112 e 113. 
.

.

Olhe o Matisse aí rondando sua pintura. Mas não se incomode: a visita dele é sempre producente. Um sutil grafismo, que vai se modulando a cada um dos três quadros, dá vida a este anteparo arbitrariamente vermelho e, já dosado com precisão no terceiro, que não mais precisa de chão para ter lugar, deixa que as formas se comuniquem conosco de forma profundamente sonhada.

 

.

 

 

 

 

 

                   A A pintura da página 115 é uma das mais despojadas de sua lavra e, apesar do tema, sua concepção envolve um movimento rotatório intenso, que faz o conjunto rodopiar num bailado vertiginoso. As longas folhas verdes e soltas, em contraste com as bordas de um objeto vermelho e fixo, dominam o conjunto, enquanto as flores alaranjadas e lilases parecem envolvidas na brincadeira de uma ciranda e sorriem para nós.

 

                   Agora, o vaso de flores da página 154... o que é isso? Não tenho palavras. É um quadro de uma beleza inefável. Os tons verde e vermelho absolutamente complementares envolvem-nos como numa prestidigitação e avançam para aquém do quadro, como se nos quisesse abraçar, enquanto algumas outras tonalidades distribuídas por aquele espaço, tornadas pontos de sustentação, talvez com receio de comprometer a alegria das dominantes, ficam no seu singelo recolhimento. O resto é espontânea expressividade.

.

                   Finalmente, O Docodema 22 da página 215, em sua singeleza, em sua redução linear, cheio de significados sub-reptícios, é uma imensa explosão num pequeno grande quadro. O ritmo das linhas aí utilizadas é tão intenso, que o pavão, meio tonto, parece estar perguntando: ‘meu Deus, o que é que estou fazendo aqui?’ Aliás, todos os quadros da série que denominou Pilares são de extrema espontaneidade, da qual nunca vi nada igual.

.

 

                   Para quem chega cansado de viagem, após passar a noite toda praticamente em claro (quase não consigo dormir em avião), ao receber um presente como este livro, cheio de beleza e que tanta leveza me proporcionou, a ponto de descurar-me do cansaço, fica pensando: ‘caiu do céu!’

                   Assim, meu caro, agradeço-lhe do fundo do coração o presente.

 

                                                                  Abraços. Pierre Santos

 

Em tempo: em final de fevereiro, princípio de março, enquanto estava com meus amigos Jane e Leo (donos da Pousada 21 de Abril), tirei uma tarde para rever a Catedral e ir à Fundação, para conhecê-lo. Infelizmente, lá estava fechado, pelo que perdi a oportunidade de conhecê-lo. Outras oportunidades aparecerão. Abrs.

Artigos
 
Início Algumas Exposições Coleções Posters O Pintor Minha Vida de Pintor Artigos A Fundação Arte para Salas de Aula Links Contato
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Arte nas Escolas / Arte-educação é fundamental / Educa, ensina, sensibiliza e eleva os professores e os alunos.
Escola Caracol / Porto Alegre / RGS
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Exposições
Currículo
Vida, Literatura e Afins
Literatura
O Pintor
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas
Pinturas Recentes
Flores Cubanas
Jarros de Flores
O Brasil Nunca Mais o Brasil
Tiradentes, o Animoso Alferes
Caraíva dos Reflexos
A Dança do Tamanduá Bandeira
Califórnia / San Simeon
Porto Seguro
Cavalo de Tiradentes
Trancoso, Casinhas e Marinhas
O Tarot de Oscar Araripe
Ceará / Marinhas, Araripe, Bárbara e Iracema
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Bicos-de-pena
Repetróglifos Caribenhos
Tiradentes / Bicos-de-pena
Uma Primavera Americana
Tiradentes Revisitada
Flores Novíssimas