Oscar Araripe
Home Some Exhibitions Collections Posters The Painter Articles (Portuguese) My Life as a Painter The Foundation Links For Art Classroons Contact
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Exhibitions
Curriculum
Life, Literature and the Like
Literature (Portuguese)
The Painter
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Art School in Brazil and abroad
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Exhibitions
Curriculum
Life, Literature and the Like
Literature (Portuguese)
The Painter
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers

Desembargador Afrânio Vilela saúda Oscar Araripe / Cidadão Honorário de MG

 

Senhoras e Senhores,

O Desembargador Afrânio Vilela saúda o pintor Oscar Araripe na cerimônia de entrega do título de Cidadão Honorário de Minas Gerais. Foto CAA - OAB MG

Minha gratidão pela felicidade de saudar em nome do Povo Mineiro o novo conterrâneo: Oscar Araripe. Muito obrigado!

Senhoras e Senhores, no Inhotim há uma obra de arte moderna de Doug Aitken, que é um tubo de mais de 200 metros de profundidade. Por ele podem ser ouvidos variados sons. Pessoas descrevem como sendo um impacto nos neurônios, outras, um entrelaçamento da arte, da música; e também mistérios das profundezas. A verdade é que cada um ouvirá de simples ruídos a vozes, melodias ou sussurros vindos da Terra.

Fizéssemos igual arte neste Salão Nobre, e escutaríamos o coração de nossa Mãe Terra. Em sussurro maternal, de seu ventre ofereceria o fruto de sua capacidade de gerar, e do ápice criativo da natureza e, orgulhosa, como qualquer mãe, com alegria diria ao Mundo: este é meu novo rebento: Oscar Araripe, um Mineiro, com registro de nascimento legal firmado por esta Augusta Assembleia Legislativa, por obra do eminente deputado Estadual Ricardo Faria.

Esse orgulho tem razão de ser. Você, Oscar, dá continuidade à extensa obra cultural, artística e politica de seus antepassados. Cito alguns: a)Barbara Alencar, a primeira presa política do Brasil, reconhecida como a Mãe da Independência e da República, figurando no Panteão dos Heróis da Pátria, em Brasília; ou o filho dela, b) Tristão de Alencar Araripe, orgulho da chapada do

Araripe, no Cariri nordestino do Ceará, eleito primeiro presidente do movimento republicano e abolicionista do Equador, país co-irmão. Também c) o Padre Jose Martiniano de Alencar, pai do grande escritor José de Alencar, que nos legou Iracema, a virgem dos Lábios de Mel, que junto com o primo Araripe Jr., fundou a Academia Brasileira de Letras.

Sua ligação com Minas teve origem na amizade de seu avô, Oscar de Alencar Araripe com o nosso grande Guimarães Rosa. A biblioteca, apelidada de gabinete, foi o berço de seu modo de vida à mineiro, revestido pela literatura, que lhe deu sensibilidade; pela política, que o fez homem de opinião amena, porém firme.

Como Diadorim e Riobaldo, Em “O Grande Sertão Veredas” que muito relutaram para realizar a grande travessia daquele rio que era um mar, o São Francisco, um mundão de água, você também fez e faz sua travessia pela vida, navegando em barco cujas velas são assopradas pelos ventos da cultura, do patriotismo e da defesa das liberdades.

Quando menino, você correu de pés descalços pelas ruas, alcançou frutas no pomar de vizinhos, soltou pipas, jogou bola de gude, participou das festas de São João; viu, tocou e sentiu as flores das Minas Gerais, coloridas como viriam a ser suas obras futuras. Diria Milton Nascimento, agora seu conterrâneo, que você teve “bola de meia, bola de gude...”

“ há um menino, há um moleque

Orando sempre no SEU coração

Toda vez que o adulto balança

Ele vem pra LHE dar a mão.”

Um menino mineiro registrado hoje a destempo... mas que poderia tê-lo sido aos 19 de julho de 1941, porque fez o que uma criança mineira faria e faz; interessou-se pela vida matuta de nossa Terra, com a simplicidade do saber olhar a natureza e sentir o valor da vida.

Meninice, adolescência e a juventude na praia de Ipanema...lembra-se proezas nas pedras do Arpoador, e mergulhos artísticos e, até mesmo perigosos? Sua Mãe Adotiva de agora, a Terra Mineira, como qualquer outra, o reprovaria: se aquiete, menino!

É como você sempre diz: os mineiros descobriam o Rio de Janeiro, mas você, do Rio, veio descobrir nossas montanhas, nossas serras, nossos vales e rios, desde aquela época.

E incorporou o nosso jeito mineiro de ser. Como escreveu o poeta:

Um bom mineiro não laça boi com imbira,

Não dá rasteira no vento,

Não pisa no escuro,

Não anda no molhado,

Não estica conversa com estranho

Só acredita na fumaça quando vê o fogo,

Só arrisca quando tem certeza,

Não troca um pássaro na mão, por dois voando.

Ser mineiro é dizer “uai”, é ser diferente

É ter marca registrada,

É ter historia.

Ser mineiro é ter simplicidade e pureza

Humildade e modéstia,

Coragem e bravura,

Fidalguia e elegância.

Ser mineiro é ver o nascer do sol,

E o brilhar da lua,

É ouvir o canto dos pássaros

E o mugir do gado

É sentir o despertar do tempo

E o amanhecer da vida.

Ser Mineiro é ser religioso e conservador,

É cultivar as letras e as artes,

É ser poeta e literato,

É gostar de politica e amar a liberdade,

É viver nas montanhas e ter vida interior,

É ser gente.”

Parece que foi escrito para você, caro conterrâneo.

Você ingressou, em pleno 1964, na Faculdade Nacional de Direito, foi Diretor do CACO. Em 1967, a veia de escritor e de indagador filosófico, da vanguarda do existencialismo, o fez iniciar carreira no Correio da Manhã, depois no Jornal do Brasil, chegou a editor-chefe dos Jornais “O Dia” e “A Noticia”. Foi jornalista cultural do “Ultima Hora”. Escreveu o ensaio “China, o Pragmatismo Possível, de 1974”. Em julho de 2016, estive na China a convite do Supremo Tribunal Popular, e pude sentir o que você descreveu. Lembrei-me de sua fotografia na mesma Muralha que visitei.

Sua verve fez mútua aproximação com Lúcio Cardoso, Murilo Mendes, Carlos Drummond de Andrade, Raquel Jardim, Ziraldo, Otto Lara Resende, Darcy Ribeiro, com Clara Nunes, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos, Ivo Pitangui, Inimá de Paula... todos contribuintes, cada qual confirmando a lapidação da grande obra: a sua índole mineira.

E como não lembrar do agora conterrâneo quando adaptou, e também encenou, o Romanceiro da Inconfidência, de Cecília Meireles, na Casa da Ópera de Ouro Preto, em 1966, com Othon Bastos, Maria Fernanda e o grande Padre Nereu.

Parece que Toquinho cantou você:

“ali logo em frente a esperar pela gente, por você, Oscar, o futuro estava... e que numa folha qualquer você também desenharia um sol amarelo....e se de sua mão, Oscar, um pinguinho de tinta caisse num pedacinho azul de papel num instante você imaginaria tantas e tantas obras de arte...tantas Flores...tantos heróis.”

E assim como não lembrar, dentre tantas, algumas Terras que conhecem Oscar Araripe e a sua obra: a Roma e a Harvard, onde você aprimorou seus estudos; Chapingo, no México, em cuja universidade esta seu “Mural de Flores para o Rei-Poeta Nezahualcoyotl”, no Centro de Formação Artístico e Cultural; como não falar de sua obra “Extinção Nunca Mais” exposta durante a Conferência das

Nações Unidas - ECO-92, no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, com mais de 2 milhões de visitantes; e ainda “Os Pilares” , com 1200 imagens; da China, que o convidou para lá expor seus quadros; passemos por Londres, em seu Museu, onde sua tela “As Flores Abraçam o Mundo” ganhou a medalha de ouro, e figura no Forever Memorial das Olimpíadas. Diria sua mãe adotiva, Minas Gerais, se pudesse a Paris, onde você expos “Flores” na Galeria Teodora, em 2013, e recebeu em 2014 a centenária “Medalha de Ouro Arts, Science et Lettres”, a maior condecoração dessa seara; e em Nantes, onde expõe permanentemente na “Galerie des Glaces”; nos Estados Unidos, Espanha, Eslovênia, Grécia, Cuba... e tantas outras localidades que aplaudiram sua obra. Dezenas de cidades brasileiras, como Brasília, 2016, onde você recebeu o prêmio de Aquisição na Bienal das Artes com a sua obra “Flores com Borboletas”.

Todos saberão que a partir de hoje nasce um novo cidadão das Minas Gerais, um homem do mundo, pintor paisagista, marinista, realista e subjetivo, que transfere do natural para suas obras, com alegre forma de retratar, o belo, e dá-lhe vida, e sensível alma, que responde OSCAR ARARIPE.

Lembra-se dos idos de final dos anos 60 e inicio dos 70, quando sua índole de mineiro o levou à tranquilidade dos píncaros das “Itatiaias”, ao Povoado do Mirantão que o agasalhou, protegeu e aconselhou na perseguição política? Bairristas que somos, diria eu que ali você sentiu o real perfume das flores mineiras e se fez completo na

arte de pinta-las, e por elas ser premiado, mundo afora.

Você é conhecido também pelas causas abraçadas. Veja o já vitorioso Protocolo de Intenção para Desculpas Reciprocas entre Portugal e Brasil, de um lado pelo que os portugueses fizeram sofrer os inconfidentes, especialmente o Alferes Joaquim José da silva Xavier; de outro, os brasileiros pelas expulsões das famílias real e imperial.

Por proposição sua foi instituído pelo governo federal o “Dia Nacional da Liberdade” em 12 de novembro, nascimento de “Tiradentes”, na Fazenda do Pombal, então pertencente à Comarca do Rio das Mortes, hoje nossa querida São Joao Del-Rei. Local e data constantes de seu batistério, reconhecidos pela 2a Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça deste Estado, então regra legal de registrar o nascimento de cristão, conforme tive a honra de participar do julgamento. Você pintou e doou o painel que adorna as escadarias pomposas da Faculdade Nacional de Direito, no Rio de Janeiro, mostrando o Alferes, nosso herói maior, na sua mais expressiva vestimenta.

A história de vida resulta de quadrantes onde o tempo existe em função de acontecimentos, em cada ponto de interseção. O desta noite estava pautado para acontecer desde quando você voluntariou e se aconchegou ao farto e alimentador seio das Minas Gerais.

Pois bem dileto amigo Oscar, as grades da ditadura não prenderam os sentidos do homem, do artista. E sim fizeram a abertura para o mundo do grande artista que você é. Você se viu liberto do decreto de exilio pelo decreto da Anistia nesta Terra de Minas, em Belo Horizonte.

E hoje, com a plenitude dos pulmões você pode responder a muitos que lhe perguntam se você era mineiro. “- Sim”, com um forte explodir de humilde vaidade, própria de nossa índole, brade: sou mineiro por inteiro... sou porque sempre fui!

É, caro conterrâneo,

“Há um passado no seu presente

Um sol bem quente lá no seu quintal

Que sempre fala de coisas bonitas

Que você acredita

Que não deixarão de existir,

Amizade, palavra, respeito,

Caráter, bondade, alegria e amor....”

Para conhecer o passado e o presente e prever o futuro de Oscar Araripe o prazo desta solenidade é insuficiente. Sugiro acesso ao www.oscararipe.com (mais de 3.000.000 acessos), ou a www.oafundacao.org.br. Com sede física em Tiradentes.

Doravante, sua liberdade criativa poderá se fazer ou refazer numa imaginária rede armada das Montanhas de Minas Gerais, de um cume a outro, que poderá ser na Serra de São Jose à da Piedade; à do Caraça na do Espinhaço; da

Mantiqueira à da Boa Esperança, dentre tantas, e ainda se quiser, balançará nela com uma ponta amarrada no pico da “Serra da Sobra” e a outra na “Serra do Paraíso”, em meu Ibiá.

Enlevar-se-á também, Oscar, pelos campos e cerrados, conduzido por nossos rios; suave e acariciadora brisa, pareada sempre pela saudação de musicalidade de nossas cascatas e cachoeiras, porque e enfim, é mineiro no todo e de nascença, como diria meu pai Vilella. Nesse nascimento de agora, seu berço será este majestoso Estado, com suas muitas Minas e a vastidão sem fim das nossas Gerais, e tudo a o afaga-lo com muito carinho e muito orgulho.

Querido amigo Oscar, você hoje é brindado com a cidadania Mineira. E muitas outras importantes homenagens recebeu. Contudo, não poderia ser outra a sua história de vida, que não a construída ao lado de sua querida Cidinha Araripe e de seus filhos, Anaí, Octávio e Victtoria, todos mineiros. Assim como sempre divido minha historia com minha querida Gisela, a sua também sei, tem parte substancial de sua amada Cidinha, a quem você buscou em Minas Gerais. Aqui não recebeu apenas a essência de grande artista que o é; não recebeu apenas aconchego. Recebeu o que mais buscou: o amor, que lhe responde por Cidinha. E para alcança-la você subiu as Catas Altas, passeou pela Serra do Caraça; descobriu-se mineiro, com todos os característicos natos, por isso o reconhecimento do Povo de Minas Gerais, através dessa Augusta Assembleia.

Portanto, saúdo Oscar Araripe, um cidadão das Minas e das Gerais, sua Nova Terra Mãe, e nosso conterrâneo.

Obrigado!

Afrânio Vilela

Desembargador do TJMG

Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

14/02/2017

 

« previous       next »
Articles
 
Home Some Exhibitions Collections Posters The Painter Articles (Portuguese) My Life as a Painter The Foundation Links For Art Classroons Contact
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Exhibitions
Curriculum
Life, Literature and the Like
Literature (Portuguese)
The Painter
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Art School in Brazil and abroad
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Exhibitions
Curriculum
Life, Literature and the Like
Literature (Portuguese)
The Painter
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers
Recent Paintings
Cuban Flowers
Jar of Flowers
Brazil Never More Brazil
Tiradentes, the Animoso Lieutenent
Caraíva Bahia Reflected
The Dance of the Flag Ant Eater
California / San Simeon
Porto Seguro Seascapes
Tiradentes' Horse
Trancoso, Seahouses and Landscapes
Oscar Araripe's Tarot.
Ceará / Seascapes, Araripe, Bárbara e Iracema.
Casitas Cubanas
Porto Seguro / Pen and ink
Caribbean Repetrogliphos
Tiradentes / Pen and ink
An American Springtime
Tiradentes Reviewed
Recent Flowers